Cosméticos veganos são sempre livres de crueldade humana?

Os produtos veganos têm invadindo cada vez mais as prateleiras, inclusive no que diz respeito a cosméticos veganos. Esses produtos veganos cosméticos tem aumentando suas vendas, principalmente porque o consumo tem sido maior entre os jovens.  Isso porque muitos desses jovens, ainda que não estejam plenamente dentro da filosofia vegana, são simpatizantes ou iniciantes.

Muitos produtos possuem certificações ou possuem 2 tipos de informações: produto vegan e cruelty free (livre de crueldade). Mas você sabe a diferença entre eles?

Qual a diferença entre cosméticos veganos e cruelty free?

Muitas pessoas confundem o significado desses termos e acredita que eles signifiquem a mesma coisa, só que isso não é verdade. Existe diferença entre os termos.

Cosmético vegano

São produtos que não contém qualquer tipo de ativo de origem animal, bem como quaisquer ingredientes derivados desses animais. Porém, a definição vai muito além, visto que a filosofia do veganismo também abomina qualquer tipo de exploração animal. Por isso, o cosmético só será considerado vegano se não houver qualquer tipo de exploração em toda a cadeia produtiva. Isso inclui testes no produto final e também testes feitos por fornecedores em suas matérias-primas.

Porém, por haver a confusão entre os termos, pode ser que algum produtor acredite que seu produto é vegano, só porque não há origem animal na composição. Mas caso ele ou fornecedores realizem algum tipo de teste em animais, essa defesa cai por terra.

Cosmético cruelty free – livre de crueldade

Os cosméticos com essa nomenclatura são cosméticos que não foram testados em animais, seja o produto final ou seja seus ingredientes.

Essa nomenclatura refere-se especificamente a testes e não a origem dos ingredientes. Portanto, eles podem conter ingredientes não veganos, como cera de abelha, mel, colágeno e muitos outros.

Infelizmente há muitas empresas que não realizam o teste no produto final, mas realizam ao longo do processo. Ou ainda usam ingredientes em suas fórmulas os quais o produtor realizou testes.

Portanto, qualquer um que seja adepto da filosofia vegana, ou ao menos adepto, certamente se incomoda com estas empresas que realizam ou aceitam que em algum momento da cadeia produtiva tenham sido feitos testes em animais.

Conclusão

Podemos concluir então que os produtos veganos são livres de crueldade, pois essa é a essência da filosofia. Já os cosméticos cruelty free podem conter elementos que não sejam veganos.

Por isso, se for procurar por certificação no produto, procure pelas duas é assim garantir que o produto é livre de crueldade animal é livre de ingredientes não veganos.

E lembre-se que ter esta informação no rótulo, não significa ter certificação. A certificação é feita por organizações reconhecidas, como PETA, SVB, The Vegan Society e outras.

Um cosmético pode ser vegano e não ter certificação?

Claro que sim. A adesão às certificações é algo opcional. Além disso, é caro. Por isso já ótimas marcas, principalmente de pequenos empreendedores, que estão aptas para receber esses selos, mas não fizeram.

Isso não é um problema de qualidade. Por isso, é muito importante ler sempre todo o rótulo do produto natural e assim verificar seus ingredientes.

Sempre que houver dúvidas, basta entrar em contato com a empresa.

Além de tudo isso que já foi falado, há outro motivo para importância da leitura do rótulo.

Infelizmente há muitas empresas que utilizam ingredientes veganos, não realizam testes em animais, mas usam em sua fórmula ingredientes que não são biodegradáveis e fazem mal à natureza. Por exemplo, a parafina, não é de origem e nem derivado de animal, mas é derivado do petróleo. Portanto, não é um ingrediente limpo.

Por isso, é importante a leitura do rótulo é assim ter a certeza que o produto não contém ingredientes químicos danosos à pele.

A Hamadryas é um produtor especializado em cosméticos veganos. O respeito à natureza, aos animais e ao ser humano está acima de tudo. Pois o mundo só se tornará um lugar melhor se houver um consumo consciente.

Sempre que for possível, procure por empresas que estejam comprometidas com a ética em todas as etapas do processo. Empresas que respeitem a natureza e seus colaboradores.

Os cosméticos veganos têm um potencial muito grande e podem transformar não só a economia local, mas a economia de todo um país. Por isso, não deixe de repassar essas informações importantes a outras pessoas. A mudança começa com o conhecimento.

Conheça nossos produtos: https://www.hamadryas.com.br/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
1
Comprar Pelo Whatsapp
Olá, em que podemos ajudar?